RE EDIÇ

E

ÃO

O trabalho se organizou inicialmente enquanto uma proposta de atualização de mídias, expandindo seu acesso e verificando potenciais de mutabilidade da informação contida. Neste gesto, ao operar a transferencia do conteúdo de um suporte gráfico-impresso para uma mídia digital-audível, temos possibilidades de reorganização do material primário e a realização de novos agrupamentos em camadas sobreposicionadas e multidirecionalidas experienciadas nos atravessamentos inerentes às qualidades possibilitadas por este meio. O livro "música popular brasileira" da folclorista Oneyda Alvarenga, editado pela primeira vez em 1947 foi o mote deste primeiro experimento pós história da música, utilizando recursos atualizados em 2014 para redimensionar o texto em um novo objeto-documento.